quarta-feira, 4 de janeiro de 2012

Parecia um anjinho... e será que o(a) vovô(ó) queria essa missão?


Eles são uma gracinha e enfeitam o casamento! Dá uma vontade de apertar... aquelas criancinhas fofas que passam lindas com seus trajes, mal sabendo caminhar....

As menininhas carregam o buquê, cestinha de flores, uma bonequinha... os menininhos carregam a almofadinha das alianças ou puxam um carrinho (moda atual).
   
Não nego que eles são lindos, mas..... incomodam o padre e tiram as atenções dos convidados quando ficam “tocando o terror” no altar.... daí acabam aparecendo mais do que os noivos que devem ser o centro das atenções. Não sou egocêntrica, mas esse dia é meu, é nosso (deixo um pouquinho pro meu noivo tb...rs)

Por isso não é bom escolher as crianças muito novinhas, que muitas vezes são as mais “engraçadinhas”. Primeiro porque não sabem nem o que estão fazendo e muitas vezes empacam e não entram no cortejo da cerimônia... depois, porque não conseguem ficar paradas e sabemos que elas são assim!

E uma atenção diferente deve-se ter para a escolha dos vovôs e vovós para levar as alianças. Conversando com a menina da igreja, fiquei sabendo que há casais que chamam avós que nem conseguem andar direito, que vão de bengala ou andador (acho que ela exagerou um pouco, mas...), fazendo um esforço tremendo para chegar até o altar.

Emocionante? Pode até ser, mas os noivos tem que ver o real motivo de seus avós aceitarem essa missão, se foi por gosto ou por não terem coragem de dizer não.

Acho que nem todos gostam de ser foco das atenções... as crianças ficam envergonhadas e os idosos, muitas vezes, constrangidos.

Portanto, pense bem na hora de escolher quem irá levar as alianças.

E veja também quantos cortejos vc tem direito na sua igreja... é assim, fazer o que... entre escolher o cortejo dos noivinhos e o do noivo, fico com o noivo porque ele também merece destaque, afinal, como um coadjuvante super necessário, esse tb é seu dia! rss

Beijo!

Um comentário:

  1. Adorei o coadjuvane supernecessário...

    quédizê.

    ResponderExcluir

Os comentários não são moderados.
Se vc não tem conta no Google ou não quer usá-la, comente como Anônimo.
Caso seu comentário não apareça, tente inserí-lo novamente.
Beijo, Andresa